04
04
2018

Abril é o mês do sapateado!

Um dos maiores eventos do Brasil e referência na América Latina de sapateado está chegando, por isso, o mês de abril será totalmente dedicado a esta modalidade que encanta e contagia. O Floripa Tap está na sua nona edição e deve reunir 200 sapateadores do Brasil e outras partes do mundo. Este é o segundo ano consecutivo que o Floripa Tap será realizado em parceria com o Jurerê Jazz.

Criado pela sapateadora, coreógrafa e diretora artística da Garagem da Dança, Marina Coura, o objetivo sempre foi trazer a dança para perto das pessoas e torná-la mais conhecida. Desde a primeira edição, o Floripa Tap contou com grande adesão dos sapateadores e também atraiu artistas renomados do mundo todo.

Entre os que já passaram pelo evento estão Maud Arnold, Derick Grant, Star Dixon, Melissa Tannús, Yukiko Misumi, Daniel Borak, Charles Renato, Christiane Matallo, Luyz Baldijão, Bia Mattar, Patrícia Taranto, Christopher Broughton, Brill Barrett, Steven Harper, Adriana Salomão, Cintia Martin, entre muitos outros.

A história

Lá atrás, no século V, na Irlanda, para aquecer os pés os camponeses usavam sapatos com solados de madeira. Eles começaram a brincar com os sons que os calçados faziam e a partir daí surgiu o Irish Jig – que exigia movimentos rápidos com os pés.

Depois, na Inglaterra e nos Estados Unidos também surgiam diferentes estilos da modalidade. Nos anos 20, começaram a aparecer os sapatos com as chapinhas de metal nas solas e a dança passou a se chamar sapateado e foi aí que se consolidou.

Ná década de 40, a modalidade ganhou força e em 1970 ganhou os palcos e as telas de cinema dando origem aos musicais e tendo protagonistas como Fred Astaire, Ginger Rogers, Gene Kelly, Savion Glover, Ann Muller, entre outros.

 

Tags for this post

author: Comunicação