Marina

Coura

DIRETORA ARTÍSTICA, DIRETORA GERAL, PROFESSOR

Sapateadora Profissional, Coreógrafa e Professora, nativa de São José dos Campos/SP, radicada em Florianópolis, diretora da escola Garagem da Dança, desenvolve trabalhos pelo Brasil e no exterior (EUA).

Professora há mais de 15 anos e coreógrafa, desenvolveu e dirigiu trabalhos que conquistaram importantes prêmios no cenário da dança. Como bailarina, dançou em palcos pelo Brasil, New York, Los Angeles e Chicago e atuou em programas de TV. Residiu em NY em 2009 onde se especializou e aprimorou sua técnica e sua arte em cursos e trabalhos com um renomado time de mestres da dança.

Diretora da Garagem da Dança e da Cia. “Trupe TOE”, é coreógrafa e diretora artística dos espetáculos “Papo Brasileiro”, “Tap em Tom” e “Recriando Linguagens”, os quais circulam pelos palcos do Brasil e exterior.

Fundadora e produtora do Floripa TAP, um dos maiores festivais de sapateado da América Latina,  que acontece em Florianópolis anualmente, ministra cursos e coreografa trabalhos também como sapateadora convidada.

Em 2013, foi convidada como professora e sapateadora, para apresentar um espetáculo e ministrar cursos de sapateado e ritmos brasileiros no Chicago Humam Rhythm Project (CHRP) – Rhythm World, em Chicago (EUA). Foi neste momento, que o espetáculo “Recriando Linguagens” foi criado.

Em 2014, foi como professora e coreógrafa convidada no festival de sapateado “DC Tap Festival”, em Washington D.C. (EUA). Ministrou aulas de sapateado brasileiro, além coreografar um trabalho novo para um grupo de brasileiros advindos de diversos estados do Brasil, onde o processo de criação e ensaio se fez através de recursos de internet e multimídia. Todos os ensaios foram virtuais, e o encontro efetivo apenas no local do evento, inovando o processo de criação e desenvolvimento no mundo contemporâneo que hoje vivemos.

Em 2015 foi novamente convidada a ministrar aulas e se apresentar no  Rhythm World 25 – Chicago/EUA, representando sapateado brasileiro no aniversario de 25 anos do evento, junto a profissionais de diversos lugares do mundo.

Foi também membro da mesa de jurados de festivais como: Mapa Cultural Paulista, Festidança e Festival de Dança de Joinville, considerado o maior festival de dança do mundo (Guinnes Book).

 

Foto: Guilherme Araujo